Essa é uma das minhas obras que mais causa repulsa. Pessoas me disseram isso em algumas feiras. Faziam cara de nojo. Ninguém, como sempre, pergunta POR QUE?. Se perguntassem eu diria que a obra se chama Transplante, representando um coração que foi trocado, não literalmente. E que na mudança eu busquei algo mais realista. Mais pés no chão. Fala em sonhos desfeitos, frustração e falta de reciprocidade. Fala de um desejo de ter algo real batendo dentro do peito.

Óleo sobre tela 60 x 80 cm.